quarta-feira, 21 de junho de 2017

Todo mundo quer chegar onde você chegou mas ninguém quer passar o que você passou

Nos últimos tempos, a coisa que eu mais venho percebendo ao meu redor são pessoas que almejam sonhos, sonhos esses capazes de ser realizados, sonhos esses que eu já realizei alguns, como por exemplo, ter um blog, me formar no ensino médio, fazer uma viagem, resumindo, sonhos que se você se esforçar um pouco consegue alcançar.
Hoje, por conta do blog tá sendo um pouco reconhecido, por conta de eu ter pessoas que me ajudam e acima de tudo, por eu ser eu o tempo todo, escuto diversos comentários, desde pessoas me elogiando por eu nunca ter perdido minha essência, até pessoas falando que eu terei que ser simpática com todo mundo por obrigação. Em ambos os casos, eu só tenho uma pergunta pra fazer: "Você realmente me conhece? Sabe um pouco da minha historia?" Se sua resposta for não então tenho uma noticia pra te dar, você vai saber um pouco dela, agora.
Prazer, sou Janaina, tenho 18 anos, atualmente desempregada, tenho um relacionamento abençoado por Deus, moro com meus pais em um bairro nobre. Há dois anos criei o blog como forma de fugir de diversos problemas, mas mesmo depois da criação dele, as coisas continuaram tensas. Eu nunca fui uma pessoa normal, nunca tive muitos amigos, mas colegas minha vida foi/é cheia, e isso sempre me abalou. Sempre era a última a ser escolhida no time, sempre era a que as pessoas inventavam historias, historias essas que por meu bairro ser pequeno, rolava de colégio em colégio e todo mundo acreditava.
Um devido dia, uma coisa aconteceu que me abalou bastante, eu encarei da melhor forma que podia, ergui minha cabeça e continuei meu caminho, como se nada tivesse acontecido. Acredite ou não, só esse ano eu já me julguei "incapaz" diversas vezes, me julgava assim por não me achar suficiente pra nada, já pensei em desistir do blog, mas tem pessoas boas que me cercam e que sempre me falam para não desistir. E aqui vai o meu mais sincero obrigada a todos vocês.
Já contei aqui no blog que o meu ensino médio não foi o melhor de todos, piorou meus quinze anos, por isso o nome do blog ser esse, por que eu queria poder repetir meus quinze anos diversas vezes até chegar em um que me agradasse.
Email, fotos, músicas, programas, projetos, aulas, workshop, tudo eu já fiz para que o blog chegasse onde chegou hoje, eu agradeço imensamente por todos vocês que leem, compartilham, agradeço aos comentários lá no insta, agradeço aos meus amigos que são poucos mais que estão sempre ali pra me ajudar.
Não tenho uma câmera boa pra fotografar, improviso com a do celular. Não tenho um programa bom pra editar fotos, improviso com outro aplicativo. Meu notebook não funciona direito, uso o que tenho. Só que o mais importante, de tudo isso eu tiro conteúdo, tiro assunto pra vocês. Afinal, se você quer ser blogueiro, primeiro tem que falar do que você sabe. "Quem fala e tudo no final, acaba não falando sobre nada." Já ouvi essa frase diversas vezes, e olha onde eu tô? Aqui no blog o que não falta é conteúdo diversificado.
Por que eu tô falando tudo isso? Por que muita gente me pergunta o que eu fiz pra chegar até aqui, falam que as coisas aconteceram rápido demais, falam que eu dei sorte, e quando eu conto tudo que eu já passei até hoje, simplesmente falam que queriam chegar até aqui sem ter que passar por isso. Na vida a gente tem que passar por diversos momentos de felicidade e tristeza, e são a esses momentos que a gente tem que se apegar e tirar dele as coisas boas.
Uma vez, uma leitora me falou a seguinte frase "Você não precisa ser a melhor, só estar entre os melhores tá bom, e mesmo que o blog não seja conhecido, ele tá no mesmo nível que o da Niina Secrets, da Jessica Dantas, da Karol Pinheiro e diversas outras que já estão nesse ramo a muito tempo." E eu carrego isso agora como uma lição, eu não quero ser a melhor, eu quero estar entre os melhores, o mesmo eu digo a vocês, é tão gratificante quando você faz algo e fica entre os melhores, que a sensação de ser o melhor é a mesma coisa.
Assim como diz o titulo, todo mundo quer chegar onde você chegou, mas ninguém quer passar o que você passou, se você pensa que vai conseguir realizar tudo sentado, olhando pra um computador/notebook, sem se divulgar, sem correr atrás, como se tivesse esperando um milagre cair do céu, a única coisa que eu posso te dizer é pra correr atrás.
Nunca se esqueçam, a vida é uma escalada, mas a vista é ótima.
Beijinhos, Jana ama vocês.