sábado, 17 de outubro de 2015

Então fique aqui comigo...

Você deve imaginar como me sinto, lembro que um dia depois que você se foi eu ter te ligado e dito tudo o que aconteceu comigo, hoje apos tanto tempo eu me pergunto se você atenderia meu telefonema caso eu te ligasse hoje. Você grita, diz que não quer conversar, mas abe, estive pensando em você o dia inteiro, esperando que você atendesse o telefone, não sei mais quem eu sou ou o que eu quero, na verdade só sei que não quero perder o seu amor.
Toda vez que eu te vejo parado na chuva me pergunto se há uma chance de você me aceitar ali com você e nunca ir embora, o que eu tô tentando te dizer é que eu espero que você entenda que apesar de todas as imperfeições de quem eu sou ainda quero ser sua.
Sei que não foi fácil explicar a todos o que aconteceu, mas isso é pessoal, é para mim e você, quero que saiba que eu ainda te amo, e que as estações podem mudar mas o meu amor vai do sol até a chuva, estou aqui, embaixo do meu guada-chuva  chamando seu nome, e você sabe que eu nunca quis perder isso, por que eu acredito em nós.
Eu acredito no amor, acredito em nós, e espero que você também acredite assim como eu, você não vê que quando conversamos eu não consigo dormir, se eu tivesse o mundo em minhas mãos daria ele todo para você.
Sei um lugar no qual podemos ir, eu realmente quero ficar contigo a sós, então ninguém precisa saber, me encontre na nossa pedra da praia mais tarde.
Você me disse para ter cuidado com o seu coração, tenha com o meu também.