quinta-feira, 6 de abril de 2017

Você na minha vida.

Eu queria saber te descrever, queria saber falar de você queria conseguir explicar o quão estupidamente você é essencial pra mim. Eu não consigo fazer isso por que quando chega aqui, o famoso "clichê" se encaixa e eu percebo que você na minha vida, não tem descrição.
Mas vamos lá tentar entender, não tem como expressar com palavras o que você representa. É simples, o meu sorriso pra você, é só seu, o meu abraço pra você, é só seu, mesmo que eu quisesse, seria impossível eu copiar.
Não tem como me esconder, por mais que as vezes eu odeie isso, você sabe o que eu penso, o que eu sinto, e acima de tudo, você sabe quem sou. Você desperdiça horas da sua vida ouvindo meus problemas, mas sabe, isso não tem preço, você se preocupa, e lógico, eu não podia ser diferente, pego no seu pé o tempo inteiro.
É incrível, nas nossas conversas rimos mais do que choramos, xingamos mais do que gritamos, e acima de tudo, nos divertimos mais do que qualquer outra coisa, antigamente eu não dava muita bola para garotos, ou para qualquer relação que envolvesse conhecer pessoas novas, mas em um belo dia, eu conheci a melhor pessoa que eu poderia conhecer, e foi por acaso.
 Existe momentos na vida, que nos vemos perdidos, e é nesse momento que devemos observar as pessoas que estão ao nosso redor, as pessoas que dão valor a nossa presença, que nos acolhem, que cuidam, que apoiam, mas que também sabem dar um baita sermão se estivermos errados, e então meus queridos, é a essas pessoas que devemos dar valor e querer sempre ao nosso lado.
Na vida a gente enfrenta varias surpresas, quem diria que um dia eu fosse conhecer alguém que ia ficar horas e horas me ouvindo tagarelar, falar dos meus problemas, me deixar sem graça apenas com um elogio...
E chegou na parte mais importante, a parte que eu começo a agradecer, e sempre surge um motivo novo, quero agradecer por ser quem é na minha vida, por ser prestativo, por aguentar minhas implicâncias, por me fazer rir nas horas sem graças, por ter dado graça aos dias de tédio, por ter posto sentido nas coisas, por ter me entretido, me escutado, me abraçado, mas acima de tudo, ter me suportado todo esse tempo.
Por fim eu tenho uma pergunta pra te fazer, qual foi o nome que veio em sua mente quando leu esse texto? Eu não citei nome, mas sei que tem alguém na sua vida que faz você se sentir exatamente dessa forma, e sabe de um conselho? DÊ VALOR.