sábado, 23 de maio de 2015

Esquecer...

Eu andei por todos os lugares que costumávamos ir para ficar a toa, lembrei do nosso ultimo beijo, todas aquelas sensações juntas.
Meus amigos dizem que você está bem, mas ainda assim eu não consigo acreditar, sei que em algum lugar você está se sentindo sozinha mesmo que ela esteja bem ao seu lado.
Todas as vezes que vocês brigarem e ela falar aquelas palavras que machucam lembre das nossas conversas e leia todas as cartas que eu escrevi para te fazer rir.
As vezes eu lembro de nossos momentos e penso que tudo aquilo era mentira, mesmo que parecesse tão real ainda acho que era tudo fachada. Como você pode estar bem?
Lembro do dia em que você me disse adeus, lembro do vento batendo em seu cabelo bagunçando ele totalmente e você tentando ajeitar, todos os sonhos que deixou para trás por que não precisava deles, lembro de você dizendo que eles não faziam a minima importância na sua vida.
Posso acordar e esquecer todas as coisas as coisas estupidas por mais que sejam pequenas, ainda na esperança de dormir ao seu lado, mas essas memorias nunca se vão por que eu não estou nada bem.
Todas as fotos que batemos juntos ainda estão nos porta-retratos espalhados pela casa e todas as que me enviou ainda estão no meu celular, gosto de vê-las. Admito, me sinto sozinha.
Nossos amigos perguntam por que não estou por perto, por que não quero mais sair quando você está, eu não vou por que doí saber que você está feliz e doí muito mais o fato de você você ter seguido em frente.
É dificil ouvir seu nome, faz muito tempo que eu não te vejo, sinto um vazio como se nada tivesse passado de uma ilusão.
Queria acordar com você ao meu lado como se nada passasse de um sonho ruim. Eu estaria bem mais perto e ao seu lado do que já tive alguma vez nas nossas vidas.
Eu nunca fugiria, estaria sempre ao seu lado, eu e você contra o mundo lutando com todas as armas para te manter ao meu lado.
Não, eu realmente não estou bem, me acorde diga que nada passou de um pesadelo por que eu não estou nada bem.